Como manter o controle financeiro em tempos de crise.

Como manter o controle financeiro em tempos de crise.

Grande parte dos brasileiros quer empreender. Nossa veia empreendedora é tão forte que de acordo com pesquisa recente feita pelo Global Entrepreneurship Monitor , aproximadamente 1 terço da população pesquisa tinha como sonho “Ter o próprio negócio”. A vontade de abrir a própria empresa ficou em quarto lugar nessa pesquisa, perdendo apenas para “Viajar pelo mundo” que ficou em primeiro lugar, “Comprar uma casa” em segundo lugar e “Comprar um automóvel”, em terceiro.

Apesar dessa veia empreendedora forte, o ambiente de negócios do Brasil ainda está entre os piores do mundo. Em parte, podemos citar fatores externos como o arcabouço legislativo brasileiro como agravantes desse quadro, mas também existem dificuldades de gestão para os novos empresários que impedem que eles consigam fazer seus negócios crescerem e prosperarem.

O impacto dos negócios na economia do país.

 

Pensando na realidade econômica do Brasil, faz sentido que o acesso ao capital seja um fator significativo para os empresários. O país tem um histórico de oscilação de juros que causa um impacto significativo, especialmente nos micro e pequenos negócios.

Entretanto, é possível contornar a crise. As empresas mais bem sucedidas aprenderam a fortalecer sua gestão financeira, de modo a realizarem um planejamento constante, como parte da rotina de gestão.

 

O que é o planejamento financeiro?

 

Basicamente o planejamento financeiro é saber o que fazer com os recursos financeiros da empresa ao longo de determinado período de tempo. A ideia da realização desse tipo de planejamento é conferir certa estabilidade nos gastos da empresa, permitindo que o empresário tenha uma noção de quanto precisará lucrar para honrar seus compromissos financeiros e/ou quanto precisará solicitar de crédito para manter as finanças da empresa.

Além disso, o planejamento financeiro também permite adotar soluções práticas, diretamente ligadas a gestão empresarial e ao ambiente de negócios do Brasil.

Ao saber quanto a empresa pode lucrar e quais serão os gastos futuros, o empresário pode adiantar o pagamento de benefícios de seus funcionários para conseguir descontos, por exemplo. Basta se planejar e realizar uma reserva exclusiva para esse fim.

Em períodos de crise a maioria dos pequenos negócios foca em realizar um planejamento financeiro de curto prazo, que corresponde a um período de até 2 anos. O planejamento financeiro é feito a partir de diversos controles das diversas formas que o capital financeiro atua na empresa, ou resumidamente de um controle financeiro.

Em que consiste o controle financeiro?

 

O controle financeiro é composto de vários pequenos controles que são usados no dia a dia da empresa, portanto, não está desconectado com as atividades que a maioria dos empresários já conhece.

É sempre bom lembrar que quanto maior o rigor no controle e maior a riqueza de detalhes desses controles, melhor será as projeções que servirão de base para o planejamento financeiro da empresa.

Alguns dos controles financeiros mais comuns são:

- Controle de estoque;
- Fluxo de caixa;
- Controle bancário;
- Controle de caixa;
- Controle de contas a pagar;
- Controle de contas a receber.

Com o dinngol você administra tudo isso de um só lugar e Online. Experimente o dinngol por 15 dias e veja o que ele pode fazer pela sua empresa!

O controle financeiro oferece dados muito importantes para a empresa realizar projeções futuras sobre os seus gastos fixos e variáveis, seu possível lucro, possíveis gastos extras, detecção dos melhores momentos para economizar ou investir melhor, projeções sobre o capital de giro da empresa, além de uma visão mais clara sobre a real situação financeira da empresa em dado momento e sobre as suas opções de ação em curto prazo.

Por ser a junção e a análise de vários controles diferentes, o ideal é que eles estejam automatizados. Quanto mais automatizados estiverem os controles de origem, haverá menos chances para erros, confusões e informações duplicadas que possam atrapalhar a análise dos dados.

 

Como faço para usar o controle financeiro durante uma crise?

 

Em caso de crise é importante focar no controle de caixa, no fluxo de caixa e no controle de contas. Esses controles irão dar subsídios para a realização de um planejamento de curto prazo eficaz em momentos de turbulência na economia.

O maior foco no controle de caixa, por exemplo, permite que a empresa possa projetar se tem condições de pegar empréstimos e de realizar investimentos. Além disso, essas informações também são cruciais na escolha de agentes financeiros para o caso de tomada de empréstimo, por exemplo.

Em período de crise, também é importante trabalhar com projeção de cenários de vendas, tanto internos, realizados através do controle de pagamentos da empresa, quanto os cenários externos que demonstram a intenção de compra pelo consumidor, nível de renda do consumidor na região onde se encontra a empresa e etc.

De posse desses dados é importante estabelecer novas metas mais adequadas às projeções realizadas, além de ajustar as ações futuras da empresa, como as previsões de reposição de estoque, de pagamentos bancários, de contratação de pessoal entre outras.

 

A crise também cria novas oportunidades!

 

Nem sempre o período de crise deve ser encarado apenas como um período de retração. Deve-se levar em consideração o setor onde a empresa atua e como está o ambiente de negócios para esse setor. Dependendo da crise, o setor de comércio pode estar atravessando dificuldades, mas o setor da indústria de transformação pode estar em momento de investimento. Por isso, ter um controle financeiro forte durante esse período não significa simplesmente trabalhar com previsões de redução de lucro e corte de investimento.

Se o setor estiver na contramão da crise, a empresa pode estar se organizando para aumentar seus investimentos e, nesse caso, uma crise pode ser um grande celeiro de oportunidades tanto de ampliar o negócio como de diversificá-lo.

Por isso, realizar os controles financeiros de forma detalhada, constante e segura é crucial em qualquer momento da economia, para qualquer empresa de todos os setores.

Quer otimizar a gestão do seu negócio? Experimente o dinngol por 15 dias e veja o que ele pode fazer pela sua empresa!

Junte-se a centenas de outros Empreendedores:
Cadastre seu e-mail para receber nosso conteúdo sobre Gestão e Negócios!


Entregue por FeedBurner

Compartilhe com seus amigos!
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial